Cinco meses na área de testes, o que mudou (na minha vida) ?

Olá!

Estou publicando esse post hoje (08/09/2015) , pois fazem exatamente 5 meses que me tornei colaborador na Iterative!

Primeiramente, gostaria de falar (de novo) o quanto essa oportunidade significa pra mim, ter sido aceito com pouca/nenhuma experiência, descobrir uma área pela a qual me apaixonei, aos poucos vou me adaptando,e é um lugar genial de trabalhar! Já tive N experiências profissionais, com pontos positivos e negativos…mas esses últimos cinco meses foram uma mudança positiva na minha vida! E claro agradecer a equipe que tem me ajudado com toda a paciência do mundo e incentivo (inclusive em momentos de dificuldade na vida pessoal)!

Segundo ponto, gostaria de pedir desculpas pela falta de quantidade de posts técnicos, ainda não tenho conhecimento/confiança o bastante para abordar muitos pontos, por esse motivo acabo fazendo esses posts mais perceptivos do que técnicos, espero que entendam, e que ajude de alguma forma também!

E agora vamos falar um pouco sobre o que mudou na minha vida nesses últimos meses, e do por que estou gostando tanto da área!

Quando entrei na empresa acabei não sendo diretamente alocado em nenhum projeto, ou seja tinha muito tempo livre… decidi usar esse tempo para estudos, e depois de ler o manual BSTQB algumas vezes, percebi que aquilo mostrava muito do teórico mas não me dava uma visão de como as coisas realmente seriam no dia-a-dia, comecei a fazer buscas no Google e me deparei com o SemBugs que é o antigo blog do Elias Nogueira, e também com Testavo, claro que li outros mas esses dois foram bem marcantes, por serem os primeiros que parei e li dos posts mais antigos para os mais atuais, acompanhando as mudanças da área com o passar do tempo baseado na opinião de ambos.

Comecei a me empolgar, e procurar “As qualidades de um bom tester”, e as opiniões variam bastante, na verdade o que varia mesmo é a forma de expressar, lembro de que alguns posts mencionavam características como “Pessimista, curioso, detalhista e saber se manter neutro.”, cheguei a pensar com certo humor na época “pessimista e curioso? Se a próxima qualidade fosse ser chato eu teria certeza de que estou na área certa”, continuei a estudar, mas sem deixar de lado outros tipos de leitura, e uma delas nesse meio tempo foi “O livro dos cinco anéis”, e um dos conceitos do livro é basicamente “O espadachim deve ter sua postura de combate no dia-a-dia”, obviamente não com essas palavras, mas o intuito é esse… e eu comecei a levar isso um pouco a sério em tudo na vida, quando aprendo algo como profissional, levo isso para a vida pessoal e outras atividades, quando aprendo algo no teatro, levo para o trabalho e vida pessoal… dessa forma sempre que aprendo alguma coisa vou pensando em formas de botar elas em prática em momentos diferentes da vida ( o que também ajuda a re-ver aquele aprendizado algumas vezes mentalmente)….acho que nem preciso dizer que algumas coisas mudaram graças a esse conceito logo nessa época de aprendizado com testes.

Alguns pontos dessas mudanças que eu reparei:

  • Melhora de argumentações em discussões, eu participo de alguns grupos de estudo e debate, sempre tenho diversos pontos a falar sobre os temas, mas nem sempre consigo me expressar da melhor forma possível, mas depois da rotina de abrir bugs e criar casos de testes isso se tornou um pouco mais simples, ter em mente que outro analista tem que entender o que foi escrito no bug ou caso de teste não é tão diferente de ter em mente que outra pessoa precisa entender o que está sendo dito sobre qualquer assunto. (vale lembrar que ainda não sou especialista, as vezes entendem tudo errado rs)
  • Entender problemas, quando você tentar reproduzir um bug “estranho”, daqueles que só ocorre de vez em quando, você precisa parar, pensar em diversos fatores para descobrir o que causou aquilo, e isso é válido para a vida também….ter um problema, parar e pensar nas possíveis causas…As vezes alguma coisa me incomodava e não sabia exatamente o que, agora consigo entender melhor essa situação, e a partir daí trabalhar esse aspecto.
  • Me tornei mais chato/critíco, sério…ao usar produtos e sites no geral eu acabo automaticamente me atentando a detalhes que não repararia antes.
  • Ajudar os outros a crescer é importante, trabalhei em lugares onde valia a lei do mais forte, pisar pra subir… Agora percebo que na área de desenvolvimento e QA o pessoal é bem receptivo a compartilhar conhecimentos, e que isso é algo que faz a comunidade e qualidade crescerem tanto, se todos compartilham novos conhecimentos, mais pessoas estarão preparadas para desenvolverem novas soluções.
  • Descobri que clicar até não conseguir mais enquanto uma página não vai resolver, mas continuo fazendo isso.

Resumindo, a descoberta da área foi muito benéfica para mim, espero realmente poder amadurecer como profissional e poder agregar bastante para a comunidade como um bom QA. Que em alguns anos, eu possa escrever posts que ajudem mais quem está começando, e que as pessoas possam comparar e dizer “poxa, ele que postava posts tão incompletos conseguiu aprender e se desenvolver em X tempo, eu também consigo!”

Obrigado a todos que tem acompanhado o blog!

Abraços!

Anúncios

4 comentários sobre “Cinco meses na área de testes, o que mudou (na minha vida) ?

    1. Olá, Luciangela!
      Obrigado pelo comentário 🙂
      E parabéns pela certificação, quanto a ler tudo o que conseguir, não sei se já viu esses dois posts que são compilados de links sobre QA e desenvolvimento https://perdidonoteste.wordpress.com/category/links/

      E uma sugestão, sempre que tiver dúvida sobre algum post nesses blogs, não se sinta acanhada em questionar, o pessoal costuma está disposto a ajudar, e não julgam as questões por mais simples que sejam 🙂

      Curtir

  1. Boa Diego,

    percebe-se que é um post super sincero. Venho notando sua evolução a medida que pública novos posts. Só acho que não deve se preocupar tanto com posts técnicos, isso é o que mais tem na nossa área, ao ponto de aparentar um certo fanatismo, ferramentas representam apenas uma fração do teste e acho que vc já sabe disso, pelo que vi em uma das suas referências. Abs!

    Curtir

    1. Oi Mario, obrigado pelo comentário 🙂
      Sei que existem vários comentários técnicos, mas queria entrar com comentários técnicos básicos… sempre que encontro um conteúdo do gênero ele parte de um principio intermediário.
      Mas com certeza testes envolvem muito mais coisas, e não planejo parar com conteúdos menos técnicos 😀

      Abraço

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s