E se eu fosse o usuário?

Olá!

Durante os testes nós podemos pensar em muitas coisas, como o layout, velocidade do sistema, se o cliente vai gostar e claro…”UX”, a experiência que o usuário vai ter ao utilizar o aplicativo, ele vai conseguir realizar aquilo que precisa? Vai ser fácil, ou ele vai querer jogar o celular na parede?

Eu parei para pensar nisso depois de uma experiência bem negativa que tive com um banco (não vou informar o nome dele, por questões éticas), que foi um bug grave, mas que gerou um desconforto tremendo.

Primeiro vou dar alguns detalhes para facilitar a imaginação de vocês, no dia que tive esse problema estava chovendo muito, além disso eu sou responsável pelo meu próprio transporte, logo se eu não tenho dinheiro, não tenho como voltar para casa.

Agora vamos para a história propriamente dita:

Fui sacar o dinheiro para recarregar meu bilhete único e pagar minhas contas (algumas já atrasadas) aproximadamente as 17hrs, até aí tudo bem, vou no caixa eletrônico, saco meu dinheiro e vou embora… mas não nesse dia, nesse dia um problema ocorreu com o caixa eletrônico, que me impossibilitou de digitar minha senha, sempre quando ia digitar o último digito o equipamento não reconhecia o touch…. logo eu cancelava o processo e ia para outro caixa (CANCELAVA, ou seja não digitava a senha errada), contudo o erro ocorreu em outro caixa também… quando fui ao terceiro caixa eletrônico eu digitei errado minha senha (sempre faço isso, sou meio paranoico com isso, principalmente depois de uma vez que digitei a senha errada e funcionou), e bloqueou o cartão… na primeira tentativa (já que as duas primeiras eu havia cancelado), bem com a agência fechada eles não me atenderam e fui para uma outra agência “próxima” (lembrem da chuva), e chegando lá eles estavam sem sistema, tentei ligar para o SAC, mas não consegui acessar pois para acessar o SAC de conta empresarial eu precisava da senha, e a minha estava bloqueada….

Lá estava eu, molhado e sem dinheiro, pedi carona para dois ônibus e não consegui, por sorte passou um amigo que me emprestou dinheiro e consegui voltar para casa…. e lá estava eu, molhado, sem dinheiro, muito nervoso mas indo pra casa…. Depois formalizei uma reclamação para o banco muito mais detalhada e muito menos educada do que esse post…

Mas enfim, o ponto de destaque dessa história é que um erro em um sistema do banco (no caso o caixa eletrônico) bloqueou o cartão de uma forma que não era esperada… se fosse uma sexta feira eu teria que passar o fim de semana sem acessar minha conta (pois para desbloquear o cartão tem que ser na agência), foi um erro bem atípico é verdade, talvez algo que não tenha ocorrido durante os testes, ou pode ter sido algo “ahh, é raro dar esse erro de não conseguir digitar a senha inteira, nunca que uma pessoa vai ir em dois caixas eletrônicos que apresentem esse erro e depois digitar a senha errada….pode passar assim” (por favor, não deixem bugs passarem, avisem essas coisas para os Devs).

Por mais atípico que o caso possa parecer, ele pode acontecer e bagunçar muito a vida de uma pessoa…

Isso sem contar aqueles bugs, como o do Titanic, ou do ônibus espacial, ou de equipamento médicos…. Se por algum motivo você for testar algo que afeta de uma forma tão direta a vida de alguém… Teste melhor do que você poderia pensar em testar em um dia

Só pra complementar, segue esse link sobre 10 falhas de softwares que marcaram história, só por curiosidade mesmo 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s