Perdido no TDC 2016 [Intro – parte 1 de ?]

Olá!
O post demorou mas chegou!

Entre os dias 05/07 e 09/07 rolou o The Developers Conference aqui em São Paulo.
E tivemos dois dias de trilha de testes!!!

O evento teve um conteúdo muito bacana em todos os dias (consegui acompanhar um pouco de outras trilhas também).

Um lado bom para quem não conseguiu assistir a #TrilhaTeste é que ela foi filmada na sexta feira, e vocês podem ter acesso aos vídeos (Pagando uma taxa de R$90,00), vocês também pode ter acesso aos vídeos da #TrilhaStadium gratuitamente 😉

Mas vamos falar da trilha de testes!

Como comentei lá em cima, foram dois dias de trilha, isso devido a velocidade em que os ingressos esgotaram para o primeiro dia!

Algumas palestras foram apresentadas em ambos os dias, e algumas poucas foram apresentadas em apenas um dia, o lado ruim disso é que apenas o primeiro dia foi filmado, logo não temos acesso aos vídeos das palestras que foram exibidas apenas no segundo dia

Além disso senti algumas diferenças comparado com o TDC do ano passado.

1 – As palestras fizeram muito mais sentido pra mim esse ano.    (No primeiro ano eu me perdi bastante nos assuntos mais técnicos…não que eu tenha entendido 100% esse ano, mas fez muito mais sentido rs)

2- Conversei muito mais com os palestrantes.     (Ano passado eu participei como assistente de trilha, conheci os palestrantes,  peguei o contato de alguns… mas tinham várias coisas pra fazer entre as palestras e acabei não conversando com eles… esse ano eu estava mais relaxado para aproveitar mais)

3- Eu palestrei!

Mas chega de enrolação!

Vou colocar abaixo uma lista das palestras que aconteceram nos dois dias da seguinte forma:

  •  Slides no título (quando disponível)
  • Link de alguma rede social do palestrante (quando disponível)
  • Será adicionado um * quando a palestra NÃO foi filmada
  • Um comentário geral (Não assisti as do segundo dia, pois cheguei tarde e alternei com outras trilhas)

Eu não Garanto a qualidade –  Diego Blond (Aka “EU”)

Sou suspeito pra falar da minha palestra, mas o feedback foi muito bom.  Meu intuito é o de trazer uma reflexão sobre os  “processos de qualidade” que muitas vezes nós seguimos, será que eles realmente garantem a qualidade? Ou será que a qualidade não é uma responsabilidade apenas sua?
Não vou trazer a conclusão da palestra nesse post, até por que ela será exibida GRATUITAMENTE  dia 31/07/16 às 18hs no CNQSBR , só se inscrever lá  🙂

Testes em APIs REST Claudenir Freitas

Apesar de ter enfrentado problemas técnicos, o Claudenir trouxe um assunto bem interessante (que eu inclusive tenho que dar uma estudada com mais calma depois), um “pouco” de automação para testes de integração, ele apresentou algumas ferramentas como o POSTMAN e NEWMAN,  ele também trouxe alguns exemplos (que não estão nos slides) de como as ferramentas funcionam, como ficam os relatórios… foi uma palestra super divertida (com interferência do Elias Nogueira) com conteúdo bem bacana, só não me arrisco a falar muito sobre o tema pois preciso pesquisar um pouco mais antes.

Testes exploratórios não são sinônimo de bagunça! – Igor Abade

Uma palestra bem rápida, direta e útil! O Igor teve aproximadamente 15 minutos para trazer o tema sobre testes exploratórios, o que ele fez de forma excelente.  Mostrou qual a utilidade dos testes exploratórios, e trouxe um plugin muito bom para usarmos no chrome. Primeira surpresa do plugin é que ele está disponível apenas para o Chrome, e foi desenvolvido pela Microsoft (Pois é), mas esse plugin ajuda a “Filmar” os steps durante um teste exploratório, ajudando a coletar evidências e até mesmo a gerar bugs. Facilitando na hora de gerar o seu step-by-step para o desenvolvedor reproduzir o erro, sem contar que esse plugin integra com o TFS, jpa abre o bug direto, te ajuda a ver se tem algum bug com nome similar…sério é muito legal.

Eu tenho alternado entre ele e o LightShot (que eu mencionei nesse post), tenho feito isso para pegar evidências fora do Chrome, e principalmente por que usamos mais o Trello do que o TFS, dessa forma o plugin perde muitas das vantagens dele. Mas ainda assim me ajuda bastante (Obrigado Igor)

Fim da parte 1

Esse ano decidi fazer um pouco diferente do ano passado, em que eu resumi o meu entendimento de algumas palestras em posts separados.

Dessa vez eu irei dar um resumo mais simplificado de todas as palestras, mas mesmo assim irei dividir o post em mais partes.

Eu sei que explicar mais detalhadamente uma ou outra palestra pode agregar mais no final, contudo eu sempre me senti incomodado em não falar de todas, bem que gostaria de falar detalhadamente de cada uma, mas seria inviável por alguns motivos.

Sendo assim, acredito que apresentando um resumo do conteúdo, junto com o contato dos palestrantes pode ser bem interessante também, com o resumo eu espero trazer um interesse no tema,  e caso o interesse exista, você terá uma forma de pesquisar um pouco a mais sobre ele (com a palestra, ou com o contato do palestrante por exemplo)
Mas claro que se tiver alguma dúvida e quiser comentar aqui no blog, eu ficarei feliz em ajudar 😉

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Perdido no TDC 2016 [Intro – parte 1 de ?]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s